CAMILA COUTINHO FAZ GRANA COM BLOG “GAROTAS ESTUPIDAS”

131213-camilacoutinho-blogueiras-346x520

Elas estão nas revistas, nos eventos, nas conversas. Pra quem achava que as blogueiras de moda eram um fenômeno passageiro, surpresa: elas não param de crescer. E mais: agora elas não são apenas blogueiras, mas também empresárias, com produtos licenciados. Seus nomes viraram marcas, tal qual celebridades, e é assim que elas ganham dinheiro. Camila Coutinho, do “Garotas Estúpidas“, de Recife, foi uma das primeiras a ter um blog de moda nesse formato. É com ela que o Blog LP começa a série Blogueira & Empresária, pra você entender melhor o fenômeno. Confira!

Como começou o blog?
Começou faz 7 anos, como uma brincadeira total. Eu gostava de ler os blogs gringos e mandava os links pra minhas amigas. Por aqui ainda não existia o blog de moda nesse formato. Aí pensei em criar um espaço desse tipo, e escrevia de qualquer jeito, só pra minhas amigas mesmo. No começo ele chamava “Stupid Girls”, por causa da música da P!nk, mas logo decidi colocar em português mesmo. Em um ano e pouco, o blog já tinha 2.000 acessos por dia, o que era muito, imagina que não tinha essa coisa de Facebook nem nada, essa rede. Meu pai, que é empresário, me avisou: “É muita gente! Compre esse nome, faça um desenho exclusivo”. Ele nem chamava de layout, chamava de desenho! (Risos) Contratei um rapaz por R$ 400, sem saber era caro ou barato, e ele fez a logomarca que é a mesma até hoje.

Desde o início investi muito na diagramação dos posts, nas imagens. Sempre comprei muita revista importada pra me inspirar, aprendi Photoshop desde o começo e gosto de fazer montagens com as imagens. Além disso, tento dar um 360º, do superluxo de Paris ao fast-fashion, e tudo de maneira bem-humorada e simples.

Quando começou a dar dinheiro?
Com um ano e pouco, dois, por causa do Google AdSense [sistema de anúncios do Google que é fácil de instalar em blogs]. E nessa época também teve uma loja gringa de acessórios sobre a qual fiz um post que bombou de acesso – eles repararam nesse aumento e foram atrás de quem tinha aumentado: era eu. E decidiram anunciar. Isso e o AdSense começou a cobrir meu salário, eu fiz design de moda e trabalhava com estamparia em uma marca de surfe fazia um ano e meio. Saí para focar no que eu realmente estava gostando e estava dando dinheiro, que era o blog. Mas a independência financeira mesmo, dizer pros pais “pode parar de me dar dinheiro”, foi com 3 anos e meio de blog.

Como são as parcerias e os anunciantes? Quem procura quem?
Sempre fui muito procurada e administrava essa demanda. No começo encontrei com um amigo de uma agência de publicidade pra saber qual seria o preço certo. Ele me deu uma noção de como funcionava com sites, porque ele também não sabia como funcionava com blogs, era tudo muito novo e todo mundo foi aprendendo junto. A partir dessa conversa fiz minha tabela, que acabou servindo de parâmetro porque no início todo mundo pedia minha opinião pra saber como cobrar. Hoje, como fazemos projeto especial, a gente também prospecta com marcas de determinado perfil. Tenho uma pessoa específica no comercial do blog e uma cuidando da parte de licenciamento, participação em campanha etc.

Quais são seus produtos hoje?
A Riachuelo Fashion Five e uma coleção-cápsula pra carioca Afghan (que chega em fevereiro). Tem uma coleção com a Dumond que é mais a longo prazo, já tem alguns produtos nesse ano, mas vai ter mais em 2014.

O que te dá mais dinheiro? Cachê-presença? Anúncio? Publipost? Produto licenciado?
Mídia no todo, contando anúncio e publipost. Vendo bastante anúncio e tem anunciante que vira parceiro a longo prazo com um banner fixo. Pode ser aquela marca que eu já uso faz tempo e falo no blog, então faz sentido. Todo mundo quer conteúdo [publipost] mas não tenho mil Camilas pra atender essa demanda! (Risos)

Quanto você ganha com o blog?
Não posso responder, você sabe. (Risos) Mas tô muito bem pra uma menina de 26 anos, eu não imaginava que conquistaria essa tranquilidade tão cedo.

Quantos eventos por semana?
Viajo uma vez por semana, mas às vezes você emenda em outra coisa, como participar de uma foto. Tento ir em apenas um por semana senão não consigo pensar no conteúdo do blog. Você tem que ver coisas, viver, principalmente porque o veículo é em 1ª pessoa, é a nossa opinião que os leitores querem ver.

Como funciona o seu look do dia? Você escolhe só entre as coisas que te oferecem?
Entra tudo, inclusive esses anunciantes a longo prazo com banner fixo que eu citei e que são marcas que eu já usava. Faço um balanço entre marcas legais, ou que anunciam, ou marcas novas… Hoje confesso que não compro muita coisa porque a gente realmente ganha. Compro mais acessório e jeans, jaqueta de couro, coisas que vou usar muito – já a tendência chega pra gente. Mas também gosto muito de usar amigos meus. Sabe a Jolik? A 1ª matéria quem deu fui eu, adoro apresentar marcas novas. E gosto de fazer isso sobretudo com gente de Recife. Tem o Caio Vinícius, por exemplo, de acessórios.

E você tem ajuda, tem stylist?
Eu escolho, mas em época de fashion week tem gente que produz as peças.

Quais são seus projetos pro ano que vem?
Tô focando na parte de licenciamento. E quero fazer muito Youtube, vou focar nisso em 2014!

ENTREVISTA FOI COM LILIAN PACCE BLOGUEIRA

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: